Emicida

O rapper escolhe canções com a mente no ''shuffle''

, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2011 | 00h00

1. NOSSO SONHO - Claudinho e Buchecha.

"Música boa de favela. Tenho o maior orgulho desses caras. Tenho ouvido muito o som deles, numa fase meio revival. Sinto falta de uns neguinhos que façam um

som assim hoje."

2. DESPEJO NA FAVELA - Adoniran Barbosa.

"Adoniran foi rap antes de todo mundo. Ou melhor, foi rua antes do rap. A voz, os temas, a produção crua, tudo muito simples e emocional. Sou fã da obra toda, mas essa aí é um absurdo."

3. VENTO NO LITORAL - Legião Urbana.

"Absurdamente linda. Gosto muito de Renato Russo. Ele cria um filme na nossa mente com este poema."

4. ESTAÇÃO 15 - Xará.

"Esta música é um retrato deste pedaço do Rio. Muito linda. Xará é promessa do rap brasileiro."

5. CORRE E OLHA O CÉU - Cartola.

"Melhor forma de começar um dia, de fazer qualquer coisa. Esta música abre os caminhos, ilumina os passos e faz o dia nascer, independentemente de que horas seja."

6. OGUM - Jorge Ben e Zeca Pagodinho.

"A música é uma oração, os intérpretes são entidades e o compositor é uma máquina de poesia. Resultado? Clássico."

7. FIM DE SEMANA NO PARQUE - Racionais MCs.

"Se Adoniran tivesse nascido anos mais tarde, seria MC. E provavelmente seria fã dos Racionais também. Pra mim, é a mesma fita: ruas de São Paulo em pauta, consequentemente ruas do Brasil e de todo o mundo. Periferia é periferia."

8. LET"S GET IT ON - Marvin Gaye.

"Quando disseram que a música acalmava até mesmo feras selvagens, estavam se referindo a esta."

9. MOTRIZ - Maria Bethânia.

"Viajo tanto nessa música que demorei pra entender do que ela falava. É a magia da canção."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.