Emesp anuncia 3ª Mostra Tom Jobim

Gonzalo será uma das atrações da 3.ª Mostra Tom Jobim Emesp (Escola de Música do Estado de São Paulo - Tom Jobim), mantida pelo governo Estadual, que será realizada entre os dias 15 de novembro e 8 de dezembro em vários endereços da cidade.

O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2012 | 03h09

A programação variada trabalha este ano os diálogos estéticos entre a música cubana, portuguesa e brasileira, e volta a trazer artistas renomados para, além das apresentações, abrirem rodas de bate-papo gratuitas com o público e com os alunos da Emesp. "Trabalhamos os shows também no currículo da escola, analisando nas aulas o que esses músicos fizeram no palco", diz o coordenador artístico-pedagógico e também pianista Paulo Braga.

A programação começa no dia 15, com a cubana Yusa, às 21 h, no Auditório Ibirapuera. Ela traz suas misturas de son com rock, jazz com trova cubana, rumba com pop. Cesar Camargo Mariano e sua 'cozinha' de peso, que tem Sizão Machado (baixo) e Thiago Rabelo (baterista), se apresentam logo depois. No dia seguinte, uma sexta, Cesar vira palestrante no Auditório Zequinha de Abreu, da própria Emesp (Lg. General Osório, 147). Se a audiência ajudar, o papo pode ser conduzido para que Cesar diga sobre a sonoridade que criou ao lado do guitarrista Helio Delmiro, do baterista Paulo Braga (vale dizer, não se trata do Paulo Braga pianista) e do baixista Luizão Maia para acompanhar Elis Regina nos anos 70 - uma estética de samba-jazz considerada um marco na história da música brasileira.

A pianista Maria Schneider toca, nos dias 7 e 8 de dezembro, com uma big band brasileira no Sesc Pinheiros e o duo de portugueses formado pela fenomenal cantora Maria João e pelo pianista Mario Laginha fazem o último dia de Mostra, em 9 de dezembro. / J. M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.