Brendan McDermid/Reuters
Brendan McDermid/Reuters

Em sua estreia na Broadway, ator de 'Breaking Bad' é favorito ao Tony Awards

Bryan Cranston concorre na categoria de melhor ator na premiação do teatro nova-iorquino

O Estado de S. Paulo

29 de abril de 2014 | 17h45

Em sua primeira atuação na Broadway, Bryan Cranston é a grande surpresa da atual edição do Tony Awards. O prêmio do teatro nova-iorquino indicou a melhor ator o protagonista da série Breaking Bad por sua performance na peça All the Way, na qual ele interpretava o presidente Lyndon Johnson.

Divulgada nesta terça -feira, a lista de indicados a 68.ª edição do Tony é liderada pelo musical Gentleman's Guide to Love & Murder, que concorre em dez categorias. Entre elas, melhor musical, diretor e ator. A obra é uma comédia sobre um herdeiro que precisa eliminar vários parentes para receber a fortuna que lhe foi deixada. Na disputa pelo prêmio, Gentleman's Guide to Love & Murder desbancou títulos de prestígio, como Rocky e Tiros na Broadway.

Na categoria musical os demais indicados são After Midnight, Aladdin, baseado na animação da Disney,e Beautiful:The Carole King Musical. Entre as melhores peças, estão Act One, All the Way, Casa Valentina, Mothers and Sons e Outside Mullingar.

::: Cultura Estadão nas redes sociais :::
:: Facebook ::
:: Twitter ::

Outro dado que chamou atenção assim que as indicações vieram a público foi a ausência de diversos nomes de Hollywood que passaram pela Broadway na última temporada. Atores como Lucy Liu, Denzel Washington, James Franco e Michelle Williams ficaram de fora da lista.

O fato pode estar relacionado com a polêmica mudança nas regras da premiação. Anunciadas apenas quatro dias antes dos indicados serem revelados, as modificações consideraram várias obras inelegíveis e embaralharam as categorias de musical, peça e remontagem.

A entrega do prêmio acontece no dia 8 de junho, no Radio City Music Hall e será apresentada pelo astro Hugh Jackman.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.