Em nova série, Sheen brinca com fama de 'bad boy'

O primeiro episódio de "Anger Management", nova série cômica com Charlie Sheen, começa com ele batendo num saco de pancadas e gritando: "Você não pode me demitir. Eu me demito!". E termina com o personagem indo para a cama com uma gata.

REUTERS

26 de junho de 2012 | 21h18

Aparentemente, é o mesmo personagem que Sheen vivia em "Two and a Half Men", ou mesmo o Sheen da vida real. Mas o "bad boy" de Hollywood, demitido de "Two and a Half Men" no ano passado após brigar com os produtores, garante que "Anger Management", que estreia na quinta-feira no canal FX, é outra coisa.

Bruce Helford, criador de "Anger...", concorda. "É uma evolução realmente interessante para Charlie Sheen, e também para o personagem", afirmou ele à Reuters.

Charlie Harper, personagem de Sheen na série anterior, era um beberrão mulherengo que se negava a crescer. Charlie Goodson, o personagem da nova série, tem uma filha adolescente e está ciente da necessidade de praticar a gestão da raiva, significado do título em inglês.

Num clipe colocado no YouTube para divulgar o novo trabalho, Sheen, de 46 anos, disse que Goodson é "realmente inteligente, realmente divertido". "Ah, vai", brinca ele em outro vídeo promocional, ao escapar ileso de uma explosão ferroviária. "Todo mundo merece uma 24a chance."

(Reportagem de Jill Serjeant)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTECHARLIESHEEN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.