Em nome da evolução

A Lua será Vazia das 14h33 até as 16h28, horário de Brasília

Oscar Quiroga, oscar.quiroga@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

10 de setembro de 2011 | 00h00

Em nome da evolução, nossa humanidade enfrenta um enorme desafio, mas que bem administrado e resolvido mudará a civilização para sempre, nunca mais voltando a ser o que era. Em primeiro lugar, o desafio consiste em nossa humanidade compreender o funcionamento daquilo que chama de mente, que hoje em dia se assemelha a uma dimensão que pensa por si mesma e não um instrumento à disposição do pensador interno. Quando nossa humanidade compreender a natureza da mente, perceberá que essa não é uma dimensão individual, mas que é o instrumento que interliga todos os indivíduos humanos entre si e conecta nosso reino com todos os outros, visíveis e invisíveis. Assim, em segundo lugar, mediante a compreensão da mente nossa humanidade deixará de pensar individualmente e começará a raciocinar coletivamente.

ÁRIES 21-3 a 20-4

É importante comunicar os bons sentimentos com a mesma ou maior clareza com que em outros momentos você comunicaria seu aborrecimento. As pessoas devem entender com a maior clareza possível seu apreço por elas.

TOURO 21-4 a 20-5

Buscar orientação e apoio é muito bom, mas precisa ser feito na dose certa, pois em excesso atrapalharia seu livre-arbítrio. Ouça opiniões diversas, mas tenha a firme intenção de ser você quem toma as decisões.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Faça amizade com a solidão, não veja nela algo que deva ser combatido, pois neste momento a companhia de outras pessoas atrapalharia o necessário raciocínio objetivo para tomar as decisões pertinentes.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Que você ame sua personalidade e aceite de bom grado tudo que for produzido por ela não significa que todas as pessoas conseguirão ter essa mesma visão. Porém, não se magoe por isso, considere os limites da percepção.

LEÃO 22-7 a 22-8

Sob pressão ou espontaneamente, o que interessa é que as tarefas sejam concluídas com a maior eficiência possível. Aguardar até o último momento não seria sábio, a não ser que você aprecie viver sob pressão.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Talvez a sua opinião tenha sido rejeitada porque não era pertinente, mas talvez isso aconteceu porque a hora e o lugar não eram propícios para você se manifestar. De uma ou de outra forma, não leve isso muito a sério.

LIBRA 23-9 a 22-10

Alguns acontecimentos são difíceis de engolir, talvez demore muito até sua alma ser capaz de digeri-los. Porém, esses fazem parte de um movimento que não pode mais ser detido; é a transformação do mundo.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Suas decisões afetam muitas pessoas, por isso a sensação de complexidade. Nada facilitará esse processo, pois ainda que pareça impossível agradar a gregos e troianos, a sua alma é responsável pelas consequências.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Nada há de positivo na inveja, ela ameaça a integridade moral de nossa humanidade. O assunto não é fingir que não sente inveja, mas nunca deixar que esse vício oriente os passos e as atitudes no dia a dia.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

A humilhação não deveria ser moeda corrente entre os seres humanos, pois ela demonstra fraqueza e medo mascarados de violência. Essa violência é mera aparência, tudo se resume ao medo do desconhecido.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Desfrute cada momento como esse se fosse o derradeiro, relacione-se com as pessoas como se essa fosse a última oportunidade de vê-las e você teria de lhes confessar o que sente intimamente por elas. Que tal?

PEIXES 20-2 a 20-3

As pessoas gostam de culpar as outras pelos seus problemas e decepções, mas fazem isso porque são incapazes de analisar com maior profundidade seus papéis reais em toda a história em andamento. Nunca faça isso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.