Em entrevista, estilista Valentino critica jovens designers

'Fazer moda não é ser artista e levar coisas malucas para a passarela, mas alguns pensam assim', diz o italiano

Ansa,

25 de junho de 2008 | 15h14

O estilista italiano Valentino Garavani criticou os jovens designers emergentes, que segundo ele, se julgam mais importantes do que seu produto.   "Fazer moda não significa ser artista e levar coisas malucas para a passarela, mas muitos jovens designers pensam assim", disse Valentino, em entrevista à revista alemã Gala.   "Não devemos generalizar, mas não consigo entender por que desenham vestidos que, mesmo causando sensação durante o desfile, depois não podem ser usados", acrescentou.   "É errado querer somente se realizar, é preciso seguir o ideal de tornar as mulheres mais belas", disse Valentino, que também falou sobre sua aposentadoria das passarelas, no início deste ano: "Foi emocionante, mas sabia estar no ápice de minha carreira: é melhor sair antes de começar a cair", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
Valentinomoda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.