Em encontro frio, Maradona recebe ´la reina´ Xuxa

"Dios" (Deus), como é chamado popularmente ex-astro do futebol argentino, Diego Armando Maradona, recebeu em seu programa de TV, "La reina de los bajitos" (A rainha dos baixinhos), forma como os argentinos chamam a apresentadora e cantora Xuxa. Precedida por um batalhão de crianças e um corpo de dança que representaram seus hit parades, Xuxa foi a atração principal de "La Noche del Diez" (A Noite do Dez). Foto/APA rainha e o baixinho: conversa girou em torno de ex-assessores que se tornaram desafetosO encontro começou com frieza e intercâmbio de desculpas. Maradona referiu-se vagamente à tentativa de encontro de suas filhas com a cantora no ano 2000, quando o ex-astro havia tido uma overdose que quase o matou. O encontro não aconteceu, porque Xuxa não teria aceitado reunir-se com elas, supostamente porque Maradona não era um "bom exemplo".Maradona afirmou que o mal-entendido "ficou para trás". Em alusão à Marlene Mattos, em impecável espanhol, Xuxa explicou que os atritos surgidos haviam sido causados por "uma pessoa" na qual "havia confiado muito, 150%, que trabalhava comigo e que tomava as decisões... aconteciam coisas que não chegavam até mim...o que aconteceu não era porque não eram tuas filhas".Maradona mostrou-se compreensivo, e disse que havia passado por uma situação similar, em referência a seu ex-manager e ex-amigo Guillermo Coppola, que teria desviado e mal administrado seus fundos, deixando o ex-jogador à beira da falência: "como eu não ia acreditar em você, logo eu, que passei por algo parecido, pois tinha um amigo no qual confiava 250%, e me deixou na mão".O ex-jogador aproveitou a ocasião para comentar com humor: "acho que Marlene e Coppola são parentes..."."Te vejo radiante", disparou Maradona, para quebrar o gelo. "Obrigado, minhas coisas vão bem, perfeitas...", respondeu Xuxa, sem fazer referências aos problemas que atualmente está tendo com a Receita Federal. O assunto não era adequado, já que o próprio Maradona possui graves problemas com o fisco italiano, ao qual deve 31 milhões de euros.Como Xuxa não quis falar sobre sua vida amorosa, a conversa desviou-se para uma digressão vaga sobre as os problemas das crianças pobres no mundo. Depois, o assunto foram os gnomos. Xuxa relatou como foi seu encontro com um gnomo: "estava dormindo, e puxei meu lençol, e aí vi na ponta da cama um gnomo olhando para mim". Depois, analisou: "aqui na Argentina há muitos lugares onde aparecem os gnomos!".Para encerrar a entrevista, Xuxa convidou Maradona a interpretar a coreografia da canção "Estátuas". Os dois se despediram com um abraço rápido, frouxo e frio. Superstar - Xuxa fez intenso sucesso na Argentina no início dos anos 90 com suas paquitas. Na Argentina, ela é encarada como uma "superstar" e uma "revolucionária" do formato dos programas infantis, que neste país costumam ser de extrema simplicidade e produção barata. Mesmo após quase uma década e meia do encerramento do programa de Xuxa na Argentina, suas canções, traduzidas para o castelhano, continuam sendo um sucesso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.