Em camarote na Sapucaí, Beltrame garante segurança no Carnaval

Dias após uma grave crise na Polícia Militar do Rio de Janeiro, o secretário de Segurança do Estado, José Beltrame, relaxava como convidado no camarote de uma cervejaria na Marquês de Sapucaí e minimizou os problemas vividos pela corporação. "Está tudo bem, tudo sob controle na segurança do Carnaval, na Sapucaí e nas ruas do Rio", disse a jornalistas, vestindo a camiseta da cervejaria. Na semana passada, mais de 40 oficiais da Polícia Militar pediram exoneração depois de o ex-comandante da PM coronel Ubiratan Ângelo ter sido substituído pelo coronel Gilson Pitta. A troca, após policiais militares terem realizado uma passeata por melhores salário e condições de trabalho, foi atribuída ao fato de o ex-chefe ter permitido o avanço do movimento. Sobre substituições, Beltrame limitou-se a dizer que "quem define as mudanças é o novo comandante da PM". O secretário afirmou também não ver problema na manifestação realizada na sexta-feira por policiais que fincaram 586 cruzes na praia de Copacabana, simbolizando o número de policiais mortos de 2004 a 2007. Ninguém será punido pelo protesto. "Não há nenhum problema em manifestações que não afrontam e não agridem, eles estão lutando pelo respeito à PM", afirmou. (Denise Luna)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.