Divulgação
Divulgação

Em 2011, desafio é manter o ritmo

Ano promete com fortes lançamentos nacionais e estreia de candidatos ao Oscar

Flavia Guerra, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2010 | 00h00

Se para os cineastas brasileiros vai ser tarefa difícil (quase impossível) superar o sucesso de Tropa de Elite 2, para o cinema internacional também será trabalho árduo ultrapassar o fenômeno 3D Avatar. Ainda que o épico hi-tech de James Cameron tenha entrado no Oscar 2010 como um dos favoritos e saído praticamente de mãos abanando, não há como negar que fez a alegria dos cinemas de todo o mundo.

Veja também:

linkO ano em que o Brasil venceu

linkVincere, tropa e os grandes mestres

Para 2011, o cinemão espera blockbusters do naipe de Capitão América, Smurfs e Thor, de Kenneth Branagh. Aposta 3D da temporada, estreia em 29 de abril e traz Chris Hemsworth, Natalie Portman e Anthony Hopkins. O filme é uma adaptação para o cinema dos quadrinhos protagonizados pelo personagem Thor, da Marvel Comics. As "franquias" continuam e o último da saga de Harry Potter aporta nos cinemas em 15 de julho. Já Sherlock Holmes 2 deve fechar o ano em 16 de dezembro. Ao longo de 2011, completam a lista X-Men: First Class, Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas, Transformers: Dark of the Moon.

Pensando mais a curto prazo, nada melhor que a "Corrida ao Globo de Ouro e ao Oscar" para esquentar as salas de todo o mundo. Em 4 de fevereiro, estreia nas salas brasileiras o badalado O Discurso do Rei, de Tom Hooper. Apontado como um dos favoritos à estatueta de melhor ator este ano, Colin Firth está majestoso (sem trocadilhos) na pele do Rei George. Vítima de uma gagueira nervosa, ele, em plena Segunda Guerra, precisa reencontrar sua voz e liderar o país na guerra contra os alemães. Na sequência, Cisne Negro, de Darren Aronofsky, traz, a partir de 11 de fevereiro, a bela Natalie Portman no papel de uma bailarina iniciante perseguida por sua rival veterana.

Já na lista dos nacionais, Bruna Surfistinha - O Doce Veneno do Escorpião deve causar o primeiro rebuliço do ano. Dirigido por Marcus Baldini, estreia dia 25 de fevereiro e traz Deborah Secco no papel de Raquel, a garota de programa mais famosa e polêmica do País.

Para março, Lope é a chance de conferir uma coprodução entre Brasil e Espanha. Dirigido por Andrucha Waddington, o longa que narra a história do poeta espanhol Felix Lope de Vega é estrelado pelo argentino Alberto Ammann e também tem Selton Mello no elenco. Deve estrear em 4 de março e integrou a mostra competitiva do Festival de Veneza 2010.

No mesmo dia, chega finalmente às telas a cinebiografia Raul Seixas - O Início, o Fim e o Meio. Dirigido por Walter Carvalho e Evaldo Mocarzel, o documentário sobre a vida e obra do Maluco Beleza promete.

Em abril, o público infantil não pode perder Rio, do brasileiro Carlos Saldanha. Para quem não sabe, Saldanha é um dos principais responsáveis pelo fenômeno A Era do Gelo e nutre a ideia de realizar uma animação passada no Brasil há tempos. Dublado por estrelas como Anne Hathaway e Rodrigo Santoro, o filme conta a história de uma arara americana que viaja dos EUA para o Brasil e descobre a brasilidade aos poucos. As cenas aéreas são impagáveis.

A lista é longa e convém comentar outras estreias ao longo dos meses. Enquanto isso, para terminar, e avançando um tanto, outubro traz Midnight in Paris, que Woody Allen rodou neste ano na Cidade Luz, com Rachel McAdams e Adrien Brody.

IMPERDÍVEIS DE 2011

Janeiro

14 - Cópia Fiel, de Abbas Kiarostami, com Juliette Binoche

28 - Malu de Bicicleta, de Flávio Tambellini, Fernanda Freitas

Fevereiro

4 - O Discurso do Rei, de Tom Hooper com Colin Firth

11 - Cisne Negro, de Darren Aronofsky, com Natalie Portman

18 - 127 Horas, de Danny Boyle

25 - Besouro Verde, de Michel Gondry

Março

11 - Família Vende Tudo, de Alain Fresnot, com Luana Piovani

25 - Rosa Morena, de Carlos Augusto de Oliveira

Abril

29 - Thor, de Kenneth Branagh

Maio

20 - Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas, de Rob Marshall

Junho

3 - X-Men: First Class, de Matthew Vaughn

17 - Lanterna Verde, de Martin Campbell

Julho

10 - A Árvore da Vida, de Terrence Malick

15 - Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2, de David Yates

29 - Capitão América, de Joe Johnston

Agosto

18 - Os Smurfs, de Colin Brady

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.