Elza Soares faz em SP lançamento do show Beba-Me

Elza Soares volta a São Paulo para o show de lançamento de seu mais novo trabalho Beba-Me (Biscoito Fino). De amanhã a domingo, no Auditório Ibirapuera, ela mostra aos paulistanos o repertório do CD e DVD (o primeiro da carreira) que saiu recentemente nas lojas. No repertório, Elza visita sucessos como Se Acaso Você Chegasse (Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins), Malandro, de Jorge Aragão, e Estatutos da Gafieira (Billy Blanco). Envolta em clássicos da carreira, a cantora pontua, entretanto, que não aprova saudosismos. ?Das músicas que eu já tinha gravado fiquei com receio. Não gosto de nostalgia, o passado tem muita lágrima e não vejo pra que resgatar isso?, conta. Em Beba-Me, Elza também mostra uma nova paixão, o rap. Ela gravou o Rap da Felicidade, sucesso nos anos 90. A cantora diz que já tinha a intenção de gravá-la há alguns anos. ?Eu sou o próprio rap e esse rap tem muito a ver com a minha vida, de onde eu saí. É muito maravilhoso contar uma história. Já tinha vontade de gravar e consegui agora?, afirma. No novo trabalho, a cantora ainda apanha Meu Guri e Dura na Queda, ambas de Chico Buarque, Dor de Cotovelo, de Caetano Veloso, e A Carne, parceria de Marcelo Yuka com Seu Jorge e Eilson Capetete. Elza mostra também seu lado compositor com a música Exagero, composta com a colaboração de Glaucus Xavier. Elza Soares conta que não sabe dizer o segredo para tamanha energia que exala aos 70 anos. ?Eu não sei dizer, é tudo meu, não quero ser mais jovem que ninguém, só quero ser mais que eu mesma. Não sei falar muito de mim não, mas acho que é minha força, meu presente de Deus, minha luz?, avalia. Para ela, o palco é sagrado, que o vê como um ?remédio bom?. ?Canto com alegria?, diz. Serviço Elza Soares. Auditório Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 2 do Parque do Ibirapuera, tel (11) 5908-4299. Sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 18h. R$ 30,00.

PEDRO HENRIQUE FRANÇA, Agencia Estado

04 Outubro 2007 | 20h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.