Ellus traz look anos 80 para o MorumbiFashion

Em clima de anos 80 o estilista Nelson Alvarenga, da Ellus encerrou o primeiro dia de desfiles. Colocou na passarela o que mais sabe fazer: jeans e uma moda urbana. A grife encurtou todos os comprimentos de saias, shorts e jaquetas deixando a mosta barrigas e quilômetros de pernas. Com tecidos moles como a musselina e a seda, as peças caiam sobre os ombros deixando os seios à mostra.O rockabilly, em versões de couro sintético ou natural nas cores preto, vermelho, branco e pink, veio em peças como micro saias plissadas ou cigarretes e jaquetas bordadas com tachinhas. As sandálias com saltos finos também traziam um look metal, mais uma vez com tachinhas. O estilista também explorou underwears e biquínis e os deixou a mostra com sobreposições de transparências. Os jeans, o forte da grife, veio em várias versões: com lavagem escura, gllitter ou com tratamento prateado -dando uma cara de "pichado". As estampas das blusas, regatas e vestidos parecem espaciais, e têm versões brilhantes ou ganham desenhos de cavalos e listras coloridas. Na cartela de cores destaque para o laranja, vermelho, preto, rosa e amarelo. Os óculos com lentes transparentes e com modelagem ampla também ganham cor.A novidade da coleção são as blusas com punhos e cinturas de elástico combinadas com saias micro, difíceis de serem usadas fora da passarela. Para marcar ainda mais o corpo à mostra, os bodies vinham combinados às calças de cintura baixíssimas e jaquetas minúsculas - que mais pareciam tiradas de um guarda roupa infantil.Tudo era muito rock, punk, over, anos 80 revisitado. O sexy nos decotes profundos constrangeram até as modelos mais atrevidas que entraram na passarela escondendo os seios. Para finalizar o desfile uma entrada triunfal de Thalyta, Mariana Weickert e Caroline Ribeiro, que entraram com regatas com seus nomes bordados e tangas com o símbolo da grife na parte de trás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.