Ellen DeGeneres conta que foi molestada por padrasto

A atriz e apresentadora de talk show Ellen DeGeneres revelou na nova edição da revista Allure que seu padastro abusou dela quando ela era adolescente.Ao contar sobre o confuso rompimento com a atriz Anne Heche, a atriz disse que seu padrasto insistia em tocar seus seios enquanto a mãe dela lutava contra o câncer de mama. Ela disse que depois, ele passou a tocar "outras coisas" e que o padastro, que já morreu, tentou invadir o quarto dela. "Eu tive que fugir pela janela e passar a noite em um hospital", disse Ellen à Allure.Ellen disse contar o incidente porque "é importante para meninas adolescentes saibam que há muitas maneiras de dizer não. E que se isso acontecer com elas, elas devem contar a alguém imediatamente". Ela disse que o fato, ocorrido no fim da adolescência, não teve efeito sobre sua opção sexual. A "saída do armário" de Ellen foi capa de um revista Time em 1997 e em um episódio de seu seriado na ABC."Pessoas para quem contei isso antes disseram ´ah, é por isso que você é lésbica´", disse Ellen. "Mas eu era lésbica muito antes disso. Minhas primeiras memórias são de ser uma lésbica."Aos 47 anos, a apresentador do programa The Ellen DeGeneres Show, também disse que ela espera que ela e namorada Portia de Rossi fiquem "juntas para o resto de nossas vidas". "Nunca imaginei que minha vida fosse ficar dessa maneira", disse Ellen. "Ter dinheiro. Ou ter uma linda namorada. Eu me sinto muito sortuda com tudo em meinha vida agora".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.