Eliminado do "No Limite" reclama de inveja

Leonardo Ramos, o primeiro eliminado doprograma No Limite chegou esta manhã no Rio de Janeiro e chorou muito durante a entrevistacoletiva na sede da Rede Globo, no Jardim Botânico. "Acho que fui eliminado pelo meu altoastral, por ter sido autêntico e sincero", analisou Leon, de 25 anos.O recreador, que trabalha com pessoas da terceira idade, disse que o ambiente na Chapada dosVentos (MT), onde está sendo gravada a segunda edição de No Limite, é bem diferente do queestá acostumado a viver. "Eu trabalho com a vida, com a energia, com a verdade, tudo diferentedo relacionamento que tinha lá", confessa. "As pessoas são dissumuladas e o lance é pessoalmesmo. Não existe espírito de equipe. A inveja é pior coisa que tem lá."Afirmando não guardar rancor de ninguém, Leon saiu do programa levando um Palio Adventure 0 Km. "Vou vender o carro e comprar outro mais barato. Com o dinheiro que sobrar, vou reformar minha casa", já avisa. Sobre uma chance na carreira artística, ele diz que só aceitará atuar se primeiro estudar para isso.Quanto a posar nu, Leon conta que estudaria a proposta e o valor do cachê. "Mas só se for porR$ 300 mil no mínimo", brinca ele, referindo ao prêmio máximo do programa.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2001 | 19h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.