Ele já filmou a metrópole dos anos 60

A cidade sempre participa do cinema de Giorgetti, mas "uma outra cidade". Chama-se justamente assim seu documentário sobre a São Paulo dos anos 1960. Jean-Paul Sartre desembarca, procedente de Cuba. Um repórter de rádio, que não fala francês, tenta tirar dele uma condenação a Fidel Castro, que teria desvirtuado a Revolução Cubana. Sartre faz o elogio a Fidel, diz que a Revolução Cubana continua no rumo certo. Ouvem-se aplausos. Poesia, futebol, filosofia. Os interesses de Giorgetti são variados. E seu cinema, um testemunho importante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.