'Ela preenche seus papéis com verdade', diz Marco Nanini

RIO - Marco Nanini pertence a um capítulo relevante da trajetória de Camilla Amado, mais exatamente a partir do início dos anos 1970, quando ela se arriscou a produzir Encontro no Bar, de Bráulio Pedroso. Não foi uma empreitada fácil. "Tinha ficado viúva e precisava cuidar de dois filhos pequenos. Contraí empréstimo em banco. E a montagem resultou num grande fracasso. Fui obrigada a dispensar Otávio Augusto e Zanoni Ferrite. Numa manhã, Nanini surgiu. Propôs substituir Zanoni. Nós ensaiamos, estreamos, mas não foi ninguém. Aí resolvemos apostar num projeto escola sobre Martins Pena. Antônio Pedro sugeriu As Desgraças de Uma Criança. Permanecemos anos em cartaz", relembra. Nanini não mede palavras ao falar de Camilla. "Além de ser uma atriz extraordinária, que preenche as personagens com verdade, ela é uma amiga que prezo demais", declara.

Daniel Schenker, Especial para O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2013 | 02h17

Da década de 1980 em diante, Camilla dividiu com constância a cena com Clarice Niskier. Ambas estiveram juntas em Tá Ruço no Açougue, apropriação de Santa Joana dos Matadouros, de Bertolt Brecht, Um Equilíbrio Delicado, Troia, de Eurípides, e O Lugar Escuro, de Heloísa Seixas. "Camilla é dona de uma inteligência fenomenal, que passa pelo sensível", observa Clarice.

Camilla Amado fez diversos trabalhos dignos de nota. No final da década de 1950, substituiu Vera Gertel na histórica montagem do Teatro de Arena para Eles Não Usam Black-tie, de Gianfrancesco Guarnieri. Nos anos 1970, marcou presença em Vestido de Noiva, reencontro de Ziembinski com a obra de Nelson Rodrigues. Na década de 1990 esteve em Troia, que se impôs como uma experiência singular. "Por intermédio de Hécuba, pude entrar em contato com a dor plena, absoluta. A tragédia é o buraco vazio da dor, sem disfarce", constata.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.