"Eduardo II": meu reino por um amante

O diretor Marcelo Marcus Fonseca, 31 anos, costuma repetir que o público que vai ao teatro está interessado em ver uma história com começo, meio e fim. E não me venham com teses, por favor. Assim, a partir de hoje, no Centro Cultural, o que ele promete é oferecer uma história - e que história: a do soberano Eduardo II, homossexual assumido, que perdeu o trono inglês no início do século 14, mas não abdicou de seu amante, a quem brindava com títulos e jóias.Escrito por Eduardo Ruiz (o mesmo do sensível A Casa Antiga, encenada por Ruy Cortez no ano passado), Eduardo II baseia-se no escândalo real que resultou em exílio, prisões e assassinatos na Inglaterra da década de 1320. "É a história de um rei incompetente que levou seu povo à miséria por causa do seu amante", diz Fonseca, que assina também o cenário do espetáculo - folhas secas espalhadas sobre o palco e uma floresta estilizada que cerca o público nas arquibancadas.Segundo o diretor, Ruiz manteve-se fiel ao fato histórico, mas se permitiu poetizar algumas situações. Os diálogos jorram em tom formal, com o emprego dos verbos na segunda pessoa. E os atores mostram cantos gregorianos acompanhados, ao vivo, por um percussionista. "A idéia é remeter o público a um ambiente medieval", diz Fonseca. O figurino dá sua parcela de contribuição: as peças criadas por Heitor Werneck trazem corte e os pontos de costura semelhantes aos empregados na época.Eduardo II traz no elenco os atores Elcio Nogueira Seixas, no papel do soberano, e Gustavo Machado como Gaveston, seu amante . Gabriela Flores vive a rainha de origem francesa Isabela, que também tem um amante, Mortimer, vivido por Marat Descartes. É este casal que destitui Eduardo II do trono e elimina seu protegido.Eduardo II. Centro Cultural São Paulo, porão, Rua Vergueiro, 1000, tel.: 3277-3611. Sextas e sábados às 21h e domingo às 20. Ingressos: R$ 10.

Agencia Estado,

07 de fevereiro de 2003 | 12h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.