Edo Rocha expõe "pesquisa ótica" em SP

O artista plástico e arquiteto EdoRocha apresenta a partir de amanhã, na Millennium Art Gallery, aexposição Essência das Sombras, composta por pinturas sobretela, "pinturas-esculturas", transparências e montagens.Segundo o artista, seu trabalho é uma pesquisa ótica que serevela através das sombras produzidas nas obras ou as que seformam de acordo com a luminosidade que incide sobre ostrabalhos.Faz pouco tempo que Edo Rocha retomou "o trabalho dearte". Sua última exposição individual ocorreu há três anos etrazia pinturas de paisagens quase evanescentes, quaseabstratas. Ficou cerca de 15 anos sem pintar ativamente devidoao seu ofício de arquiteto. "Às vezes, fazia um quadro porano", diz. Agora, para Essência das Sombras, Rocha reuniu28 obras nas quais foram utilizados diversos materiais etécnicas. As paisagens ainda estão presentes, mas estão maisevidentes, mais reais.Rocha conta que, apesar de mais traçadas, as paisagensatuais não foram tiradas de algum local definido, não existemfisicamente. Na verdade, foram construídas por meio da junção defotografias e de sua imaginação. "São lugares etéreos. Há muitomais sonho do que realidade." Por causa disso, o artista serotula como um "impressionista-óptico".Além disso, há obras em que o artista assinou no lado defrente e no verso da tela. São as "pinturas-esculturas" dasérie Verso Re Verso. "É um outro pensamento sobre a pintura,que pode ser vista pelos dois lados e, ao mesmo tempo, parecemser duas obras diferentes em uma mesma. Há uma mágica desseaspecto óptico", diz. Segundo o artista, as pessoas podempendurar esses quadros do jeito que acharem melhor. NaMillennium, as pinturas estão penduradas pelo teto.Outra preocupação do artista são os títulos de cadaobra. Para ele, a palavra é uma maneira de "ancorar umaidéia". Além das pinturas, Rocha expõe objetos nos quais foramutilizados diversos materiais como barbantes, folhas de ouro eaté lascas de pirita. Em outros, utiliza a mesma técnica dagravura, só que em acrílico.Edo Rocha. De segunda a sexta, das 10 às 19h30; sábado das 11 às 15h30. Millennium Art Gallery. Rua Suzano, 116, tel.3885-8558. Até 1/12. Abertura amanhã (08), às 19 horas, paraconvidados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.