Editora espanhola Planeta chega ao Brasil

Chegam hoje às livrarias os primeiros quatro livros do grupo editorial Planeta, uma das mais importantes editoras espanholas que agora desembarca no Brasil. Inaugurando seu catálogo brasileiro, a nova editora publica a primeira obra em prosa do consagrado poeta Manoel de Barros, Memórias Inventadas ? A Infância.Além da força de seu principal lançamento, a editora Planeta começa com mais três títulos: os romances O Reencontro, do alemão Fred Uhlman, e Fezes-me Falta, da portuguesa Inês Pedrosa, e O Doido da Garrafa, livro de narrativas curtas da carioca Adriana Falcão. Até o fim de maio, a editora Planeta promete levar mais 11 títulos às prateleiras. Entre eles, nomes já conhecidos dos leitores do País. Um exemplo é Eduardo Bueno, autor de livros sobre a história do Brasil, como A Viagem do Descobrimento. Bueno vai lançar pela Planeta o livro Américo Vespúcio. Os outros dez lançamentos de maio serão A Ladeira da Memória, de José Geraldo Vieira; Manual do Mané - Guia de Auto-Ajuda para o Homem que Vacila, de Arthur Dapieve, Gustavo Poli e Sérgio Rodrigues; Por que Nós, Brasileiros, Dizemos Não à Guerra, de vários autores; Meu Manifesto pela Terra, de Mikhail Gorbachev; A Profecia das Pedras, de Flavia Bujor; As Pontes de Madison, de Robert James Waller; Os Caminhos da Lembrança ? de Volta às Pontes de Madison, de Robert James Waller; A Praça do Diamante, de Mercè Rodoreda; Não Peça Sardinha Fora de Temporada, de Andreu Martín e Jaume Ribera.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.