Editais estão atrasados

Um atraso compromete o repasse das verbas de projetos contemplados nos editais do MinC. São cerca de 300 grupos de todo o País, nas categorias de teatro, dança e circo, entre outros, que foram premiados entre agosto e setembro e até agora não receberam os recursos. "Achamos que a situação iria se normalizar depois da eleição. Mas até agora, nada. Nunca tivemos um atraso como este", diz Pedro Pires, diretor da Cia. do Feijão, premiado no edital Myriam Muniz. Em nota oficial, o MinC prometeu normalizar o pagamento das parcelas ainda este mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.