Eagle Eye-Cherry fará três shows no Brasil em 2008

O músico sueco Eagle Eye-Cherry vem ao Brasil em janeiro do ano que vem para uma seqüência de três shows. O primeiro, confirmado na quinta-feira, será no Via Funchal, em São Paulo, no dia 17. Os ingressos já estão à venda e variam de R$ 100 a R$ 200. Os ingressos de pista estão sendo vendidos em lotes - o primeiro está sendo comercializado a R$ 100 e chegará ao valor de R$ 140 até o terceiro lote.Eagle Eye ainda faz outros dois shows no País. No dia 18 de janeiro ele canta para os cariocas, no Circo Voador. Na seqüência embarca para Salvador, onde será uma das atrações do Festival de Verão, no dia 19. Esta é a quarta vez que o músico sueco vem ao País. Eagle Eye esteve aqui no Free Jazz em 1999 e em outras duas turnês (2003 e 2005).Nome consagrado do rock alternativo contemporâneo, ele é filho do trompetista de jazz Don Cherry e irmão da cantora Neneh Cherry. Começou a se envolver com música aos 14 anos, quando se mudou com a família para Nova York. Estudou teatro, foi baterista, passou pelos teclados até chegar a guitarrista e compositor.Eagle Eye lançou seu primeiro disco em 1997. "Desireless", o álbum de estréia, alcançou rapidamente sucesso graças aos singles "Save Tonight" e "Falling in Love Again". Foi contratado pela Sony e chegou à marca de quatro milhões de CDs vendidos. Em 2000, lançou "Living in the Present Future", que trouxe os hits "Feels so Right" e "Long Way Around". Três anos depois trouxe ao mercado "Sub Rosa", o terceiro disco, com canções como "Don''t Give Up" e "Skull Tattoo".No ano passado, Eagle Eye-Cherry levou às prateleiras seu quarto álbum, "Live And Kicking", que traz releituras dos grandes sucessos da carreira gravados ao vivo. É nesta onda que ele chega ao Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.