Reprodução
Reprodução

É Tudo Verdade anuncia as suas atrações para este ano

Serão 82 filmes de 26 países; uma das surpresas desta edição é o documentário de William Shatner

O Estado de S.Paulo

20 de março de 2013 | 02h10

O Festival Internacional É Tudo Verdade (entre 4 e 14/4 em SP e no Rio) anunciou ontem suas atrações para este ano. O evento segue depois para Brasília e Campinas. Serão 82 filmes de 26 países. Avi Mograbi, Alain Berliner, Helena Solberg, Flávio Frederico e Sylvio Back são alguns dos diretores que mostrarão novos trabalhos no 18.º É Tudo Verdade. Nesses 18 anos, a mostra se consolidou, como a própria cultura do documentário, no Brasil. Há um recorte muito forte de filmes políticos, diz Amir Labaki, que dirige o festival. Na seleção dos títulos o critério não foi social nem ideológico. "Qualidade, qualidade, qualidade", ele definiu.

Uma das surpresas desta edição é o documentário de William Shatner, Os Capitães. O almirante Kirk da série Jornada nas Estrelas, viaja em busca de todos os atores que fizeram o papel.

O grande homenageado com a retrospectiva é o russo Dziga Vertov, nome maior do documentário. Sua obra, que sofreu muita censura na antiga URSS, vai ressurgir restaurada de um jeito nunca antes visto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.