Imagem Fábio Porchat
Colunista
Fábio Porchat
Conteúdo Exclusivo para Assinante

E o seu voto vai para...

E aí, vai votar em quem? Encerrada a Copa do Mundo, agora esse é o assunto que predomina. Para quem vai seu voto? No Rio de Janeiro, os eleitores estão exigindo que na eleição para governador haja na urna eletrônica a opção "suicídio". Tá puxado. O governo pede para a gente fazer a nossa parte como eleitor e votar consciente, mas se votarmos conscientes, aí é que ninguém vota mesmo. Fora que eu posso até fazer a minha parte, mas o pessoal do lado de lá precisava fazer a parte deles também, disponibilizando umas opções de candidatos mais razoáveis.

Fábio Porchat, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2014 | 02h06

Eu, particularmente, sou contra qualquer governo ficar mais de dez anos no poder. É tempo demais para a máquina se estabelecer e saber os atalhos todos para a safadeza.

Seja o PT na presidência ou o PSDB em São Paulo, sou a favor de mudar. Mas votar em quem? Converso com bastante gente e todos os argumentos que me dão contra algum dos candidatos pode ser usado contra todos os outros. Ah, mas fulano faz alianças escusas! Qual deles não tem alianças escusas? Ah, mas sicrano quando governou não sei onde não cumpriu metade do que tinha prometido. Quem cumpriu?

Eu acho raso dizer que são todos iguais, mas eles todos se esforçam para ser farinha do mesmo saco. Ah, mas beltrana é populista. Qual deles não é? Todos fazem as mesmas coisas, tentam agradar todas as igrejas, evitam falar seriamente sobre drogas, aborto, ou reformas.

Eu acho curioso quando falam, ah, mas a Dilma foi vaiada no estádio. Desculpe, na boa, qual foi a última vez que você viu um político brasileiro ser aplaudido pela massa? Todos são sempre vaiados. Com razão ou não. Ah, mas essa gestão é a pior de todas. Nunca vi ninguém comentar comigo: ah, mas esse prefeito agora é maravilhoso. Resolveu os problemas da cidade e lutou pelos direitos do cidadão. Toda gestão é péssima, os problemas permanecem e o político até faz coisas boas, mas deixa de fazer setecentas outras e faz mal quinhentas mais.

Enfim, se alguém de vocês puder me passar um dado novo sobre algum dos candidatos, por favor, faça, estou nesse momento no grupo dos indecisos e no grupo dos desesperançosos.

***

Agora é a minha vez de fazer campanha: A partir de semana que vem, estarei em cartaz em São Paulo, de sexta a domingo, no Teatro Frei Caneca, com o espetáculo Meu Passado me Condena - A Peça. Uma comédia romântica muito divertida.

Estão todos convidados!

Tudo o que sabemos sobre:
Fábio Porchat

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.