E Bruce Lee já foi Kato

"Olá! Meu nome é Bruce Lee. Você pode me assistir todas as sextas em Besouro Verde, na CBS!".

Jotabê Medeiros, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2011 | 00h00

O reclame com o lendário ator-lutador passava na TV nos anos 60. Vinte anos depois, foi reprisado na Record, e nós não perdíamos um episódio. Foi uma temporada curtíssima - em meados dos anos 1960, o produtor do seriado Batman viu Bruce Lee lutando e o convidou para fazer Besouro Verde (que jornalistas hoje consagrados já gravaram como Vespa Verde e Gafanhoto Verde). Ele atuou durante um ano, na temporada 1966-1967.

Dizem que Bruce Lee era tão obcecado com a perfeição física que treinava horas com o nunchaku no próprio corpo, até ficar cheio de feridas. A TV aproveitou essa precisão na história satírica do vigilante mascarado que não sujava as mãos (quem quebrava o pau era o Bruce Lee, no papel de Kato).

O Besouro Verde 2.0, esse filme em 3D, dá mais protagonismo a Kato. Até a Cameron Diaz fica caidinha pelo chinês. Ele está um pouco preso ainda ao coté Jackie Chan, mas o timing desse filme o torna tão dinâmico e divertido quanto Kick Ass.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.