Divulgação
Divulgação

DVD de Rafinha Bastos terá que ser retirado das lojas

Pedido foi feito pela Apae, após instituição ter se sentido ofendida com piada do show do humorista

Jornal da Tarde,

02 Fevereiro 2012 | 14h00

 Redes de venda de livros e DVDs em São Paulo começaram a receber ontem liminar da 2ª Vara Cível da capital determinando a retirada, em até 20 dias, do DVD ‘A Arte do Insulto’, de Rafinha Bastos. A decisão foi motivada por trecho do vídeo em que ele cita, em uma de suas piadas, o nome da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) - na ocasião, ele conta ter internado seu pênis na Apae após usar um preservativo com efeito 'retardante'.

 

Segundo o advogado da Apae, Paulo Ricardo Gois Teixeira, em breve, Rafinha deve ser citado. “As lojas receberam ofícios, mas será responsabilidade dele o recolhimento dos DVDs”, explica Gois. Se ele não cumprir a ordem judicial, fica sujeito a multa de R$ 30 mil por DVD não recolhido e de R$ 20 mil por novas citações, diretas ou indiretas, à Apae e aos deficientes.

 

A advogada de Rafinha, Thais Colli, está de férias. Sérgio Miguez, gestor do departamento de comunicação da Livraria Cultura, disse à coluna que a loja irá recolher o DVD. Ainda segundo o processo, Rafinha terá de pagar a indenização de R$ 200 mil. 

 

Em janeiro deste ano, Rafinha Bastos foi condenado em outro processo a pagar R$ 18 mil à cantora Wanessa Camargo por causa de uma piada feita durante o programa CQC, da Band, emissora da qual pediu demissão. O humorista confirmou recentemente sua saída definitiva do canal.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Rafinha BastosA Arte do Insulto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.