Dreamworks é acusada de plágio

O estúdio DreamWorks foi novamente acusado de plagiar Kung Fu Panda, produção que arrecadou mais de US$ 600 milhões em bilheteria em 2008. Segundo o The Hollywood Reporter, o ilustrador Jayme Gordon denunciou a produtora esta semana em um Tribunal Federal de Massachusetts, alegando que, para criar a história do urso obcecado por artes marciais, a DreamWorks usou como referência os desenhos de seu projeto chamado Kung Fu Panda Power, infringindo as leis de direitos autorais. Segundo Gordon, o presidente da DreamWorks, Jeffrey Katzenberg, soube de seu projeto ainda nos anos 90, quando era executivo da Disney. / EFE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.