Dramaturgo acusa plágio

O autor de teatro César Vieira entrou com uma ação contra a Editora Conrad por plágio. Vieira, codinome de Idibal Piveta, alega que a editora plagiou trechos de sua peça João Cândido do Brasil - A Revolta da Chibata no gibi Chibata! João Cândido e a Revolta Que Abalou o Brasil, lançado em novembro de 2008 e de autoria dos pernambucanos Olinto Gadelha e Hemeterio. A ação foi ajuizada na 2.ª Vara Cível do Fórum de Pinheiros.

Jotabê Medeiros, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2010 | 00h00

Segundo César Vieira, que pede indenização por apropriação indébita, parte de sua peça é ficcional, e personagens, lugares e situações foram inventados. A HQ, por sua vez, têm falas idênticas às da peça, e até personagens inventados pela imaginação do dramaturgo foram copiados, como a Enfermeira Casemira, citação a uma artista chamada Casemira Caldas, que nunca conheceu João Cândido e jamais esteve no Hospital dos Alienados da Praia Vermelha. O gibi também se vale de outras criações da ficção do dramaturgo, como o Pub Queen Victory (que não existiu). "A história em quadrinhos jamais poderia ter sido narrada sem que seus autores tivessem conhecimento do meu texto."

Roberto Romano, advogado da Conrad, diz: "A editora não vê como plágio. São dados históricos, e nós vamos contestar a ação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.