Drácula leva ritos malignos à espionagem

A Herdeira da Máfia

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2013 | 02h14

16 H NA GLOBO

(Crimes of Fashion). EUA, 2004. Direção de Stuart Gillard, com Kaley Cuoco, Dominic Chianese, Megan Fox, Pat Kelly, Chuck Shamata, Jill Morrison.

Estudante de moda herda o império do avô mafioso e, para complicar, o colega por quem ela se interessa no curso é um agente do FBI. Direção, elenco, nada promete muito, mas o filme tem pelo menos a beleza de Megan Fox. Reprise, colorido, 90 min.

Lady Jane

22 H NA CULTURA

(Lady Jane). França, 2008. Diretor

de Robert Guédiguian, com Ariane Ascaride, Jean-Pierre Darroussin, Gérard Meylan, Yann Trégouët.

O horário da Mostra reapresenta, e agora dublado, o longa do francês Guédiguian sobre triângulo amoroso. Jean-Pierre Darroussin e Gérard Meylan sempre amaram Ariane Ascaride, mas se separaram e agora voltam a se encontrar quando ela precisa de ajuda. Como sempre, Marselha é personagem importante no cinema do autor francês de ascendência armênia. O distribuidor de Guédiguian no Brasil, Jean-Thomas Bernardini, conversa sobre o filme (e o cineasta) com os apresentadores Cunha Jr. e Renata de Almeida. Reprise, colorido, 104 min.

Bicicletas de Nhanderú

22H30 NA TV BRASIL

Brasil, 2011. Direção de Ariel Ortega e Patrícia Ferreira.

Um raio atinge árvore na aldeia dos Mbyá-Guarani, em São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul, e vira ponto de partida para uma discussão sobre a miscigenação cultural entre brancos e índios e a forma como isso afeta sua religiosidade. Inédito, colorido, 45 min.

Idas e Vindas do Amor

22H45 NO SBT

(Valentine's Day). EUA, 2010. Direção de Garry Marshall, com Ashton Kutcher, Jessica Alba, Jennifer Garner, Julia Roberts, Patrick Dempsey, Bradley Cooper, Anne Hathaway, Jamie Foxx, Jessica Biel, Shirley MacLaine, Queen Latifah, Hector Elizondo.

Começa com Ashton Kutcher e Jessica Alba discutindo como e por que estão rompendo e prossegue com outras quatro histórias de amor em Los Angeles, inclusive a de Shirley MacLaine e Hector Elizondo, que já dura 50 anos. Embora o filme não seja bom, o elenco de grandes nomes ajuda e o espectador tem certas recompensas, como quando Shirley vai a uma exibição ao ar livre de outro filme que interpretou em 1958, Hot Spell/Quando Vem a Tormenta, de Daniel Mann. Por que as pessoas se separam? O que as mantêm unidas? Um programa para os românticos e o diretor Marshall recorre de novo à sua estrela em Uma Linda Mulher, Julia Roberts. Reprise, colorido, 125 min.

O Crime Que o Mundo Esqueceu

23H30 NA REDE BRASIL

(Everybody Wins). EUA, 1990. Direção de Karel Reisz, com Debra Winger, Nick Nolte, Will Patton, Jack Warden, Judith Ivey.

Reisz é um diretor importante, que surgiu com o free cinema inglês (Tudo Começou Num Sábado) e depois fez filmes como Isadora e A Mulher do Tenente Francês. É um currículo bem consistente, mas a maioria da crítica define como fiasco essa parceria do cineasta com o dramaturgo e roteirista Arthur Miller. Nick Nolte faz detetive particular às voltas com dois casos - um assassinato numa pequena cidade e o contrato que uma mulher misteriosa (fatal?) lhe propõe para provar a inocência de um jovem acusado de assassinato. Nada é o que parece ser, e o filme se perde nas reviravoltas da trama (e na articulação das duas histórias). Reprise, colorido, 97 min.

Cocaína com Penas: Na Trilha de Osama Bin Laden

0H15 NA CULTURA

(Feathered Cocaine: On the Trail of Osama Bin Laden). Islândia, 2010.

Direção de Thorkell S. Hardarson e Örn Marino Arnarson.

Homem que se dedica a preservar os falcões ameaçados de extinção tem sua trajetória relacionado à de Osama Bin Laden, que também se ocupava dessas aves. Nas entrelinhas, os diretores tratam do 11 de Setembro e da caçada ao homem mais procurado do mundo. Reprise, colorido, 80 min.

Os Ritos Satânicos do Drácula

1H15 NA REDE BRASIL

(The Satanic Rites of Drácula). EUA, 1973. Direção de Alan Gibson, com Peter Cushing, Christopher Lee, Barbara Yu Ling, Freddie Jones.

Drácula invade o mundo da espionagem. É o que Peter Cushing, na pele de Van Helsing, descobre ao investigar o desaparecimento de cinco agentes secretos. As pistas o levam a bilionário que vive recluso e não é outro senão o conde sugador de sangue. A produção da Hamer adquiriu fama de cult. Cortada na época, ganhou versão restaurada. Reprise, colorido, 90 min.

Os Filhos de Katie Helder

4 H NA REDE BRASIL

(The Sons of Katie Elder). EUA, 1965. Direção de Henry Hathaway, com John Wayne, Dean Martin, Martha Hyer, Michael Anderson Jr., Earl Holliman, George Kennedy, Dennis Hopper.

John Wayne volta para casa, para o enterro da mãe, e se junta aos irmãos para investigar e, depois, vingar a morte de Katie Elder. O diretor Hathaway foi um dos grandes do westerns, mesmo que não disponha do mesmo prestígio de veteranos como John Ford, Howard Hawks e Raoul Walsh. A mesma história, transferida para o ambiente contemporâneo, virou Quatro Irmãos, de John Singleton. Reprise, colorido, 122 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.