Dra. Laura estréia hoje

A onda de controvérsia em torno da apresentadora de rádio homofóbica Laura Schlessinger, conhecida como Dra. Laura, deve esquentar nos próximos dias. A radialista, que vem causando polêmica por conta de afirmações sobre os aspectos "não naturais" do homossexualismo, ganha, a partir de hoje, um programa de TV produzido pela Paramount (empresa-irmã da MTV). Uma série de grupos de direitos gays vem organizando protestos contra as empresas que comprarem anúncios nos intervalos. Um ativista que montou o site http://www.StopDrLaura.com avisa que os protestos só vão parar quando a apresentadora sair do ar. "Não fui eu quem inventou as leis de Deus, reclame com o seu rabino", disse Schlessinger durante uma entrevista na CNN na semana passada, quando questionada sobre o tema. O crescimento das reclamações por parte dos ativistas já espantou pelo menos 10 grandes anunciantes, incluindo a American Express e a Xerox.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.