Doze Homens, à espera da versão teatral

Tinker Bell: Uma Aventura no Mundo das Fadas

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

02 de novembro de 2010 | 00h00

16H20 NA GLOBO

(Tinker Bell). EUA, 2008. Direção de Bradley Raymond.

Tinker Bell não é outra senão Sininho, a fadinha apaixonada por Peter Pan e que, por isso mesmo, tem problemas de "relacionamento" com Wendy na obra famosa de James M. Barrie, que virou o desenho clássico da Disney. Essa animação toma outro rumo quando a fadinha começa a duvidar de suas habilidades. Programa para o público infanto-juvenil, talvez mais para "meninas". Reprise, colorido, 78 min.

O Escondido

22 H NA REDE BRASIL

(The Hidden). EUA, 1987. Direção de Jack Sholder, com Michael Nouri,

Kyle MacLachlan, Ed O"Ross, Clu Gulager, Claudia Christian.

Um pequeno clássico do gênero fantástico, com Michael Nouri como policial de Los Angeles que caça alienígena. O ET gosta de carros, rock e consegue trocar de identidade, passando de um corpo humano para outro.

O herói ganha ajuda de Kyle MacLachlan, que também é ET. Um filme cheio de surpresas, inteligente, violento. Bom demais. Reprise, colorido, 97 min.

Fuga de Los Angeles

23H25 NO SBT

(Escape From L.A.). EUA, 1996.

Direção de John Carpenter, com Kurt Russell, Stacy Keach, Steve Buscemi.

No começo dos anos 1980, Carpenter havia feito Fuga de Nova York, também com Kurt Russell (e Lee Van Cleef e Ernest Borgnine). Retomando a fórmula, 15 anos depois, ele mostra Russell enviado para o inferno de Los Angeles, que virou uma imensa prisão para os indesejáveis da "América". A trama gira em torno do resgate de uma poderosa arma que teria sido roubada pela filha do presidente dos EUA. Carpenter tem poucos filmes capazes de justificar sua fama (exagerada) como "príncipe do terror". Russell e ele foram melhores em Os Aventureiros do Bairro Proibido, que vive passando na TV. Reprise, colorido, 101 min.

Intercine

1H40 NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público entre - Diários de Motocicleta, de Walter Salles, com Gael Garcia Berna, Rodrigo De La Serna, Mercedes Moran e Mia Maestro, sobre o jovem Ernesto Guevara e sua viagem de iniciação pela América Latina, que fortaleceu nele a convicção ideológica que o transformou no lendário Che; e Abaixo o Amor, de Peyton Reed, com Renée Zellweger e Ewan McGregor, sobre jornalista que tenta seduzir autora de sucesso, que escreveu um livro dizendo que as mulheres devem se ocupar mais com a carreira do que com os homens; desta maneira, espera desqualificá-la, mas adivinhe se os dois não vão terminar se apaixonando.

A Festa de Babette

3 H NA REDE BRASIL

(Babette"s Feast). Dinamarca/França, 1987. Direção de Gabriel Axel, com Stéphane Audran, Jean-Phillippe Lafont, Gudmar Wivesson.

Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro, um belo trabalho - espiritualizado como costumava ser o cinema dinamarquês de Carl Theodor Dreyer. Francesa que vive na Dinamarca de 200 anos atrás ganha na loteria e usa o dinheiro para promover um banquete para suas patroas (e mais alguns convidados). São pessoas ligadas às religião, ao pensamento e o filme desenvolve a tese de que pelo estômago - ou pelo paladar - também se chega ao nirvana. Reprise, colorido, 103 min.

Amanhã

A Globo exibe amanhã, no Intercine, o preferido do público entre - Mudança de Código, de Frederic Forestier, com Dolph Lundgren, Roy Scheider e Michael Sarrazin, sobre agente que bate e arrebenta para recuperar mala preta com os códigos que podem desencadear guerra atômica (Canadá/EUA, 1997, fone 0800-70-9011); e 28 Dias, de Betty Thomas, com Sandra Bullock, Viggo Mortensen, Dominic West e Elizabeth Perkins, sobre mulher que leva a vida na farra e é enviada para clínica de desintoxicação, na qual aprende, durante o período citado, duas ou três coisas que vão fazê-la mudar de comportamento (EUA, 2000, fone 0800-70-9012).

TV Paga

Doze Homens e Uma Sentença

20H10 NO TELECINE CULT

(Twelve Angry Men). EUA, 1957.

Direção de Sidney Lumet, com Henry Fonda, Lee J. Cobb, Ed Begley, E.G. Marshall, Jack Warden,Martin Balsam, Robert Webber.

Filme que virou clássico, sobre jurados que decidem rapidamente sobre uma sentença e aí um deles começa a fazer perguntas incômodas que forçam o grupo a repensar sua decisão. O longa de estreia de Lumet estica uma teleplay de Paddy Chayefsky. O próprio autor fez uma versão mais longa para teatro, a pedido de Henry Fonda e é esta que Eduardo Tolentino ensaia, com grande elenco, para estrear dia 18, no CCBB. Ou seja, mais um motivo para você ver este filme tão bom. Reprise, preto e branco, 95 min.

Entre os Muros da Escola

22 H NO TELECINE$ CULT

(Entre les Murs). França, 2008.

Direção de Laurent Cantet, com François Bérgaudeau.

Professor bem-intencionado provoca incidente na aula de aula que terá graves consequências. Vencedor da Palma de Ouro, o filme faz das quatro paredes uma metáfora das tensões sociais na França dos imigrantes. Reprise, colorido, 123 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.