Dono do Chelsea 'compra 2 quadros' por R$ 195 milhões

Bilionário russo teria arrematado em leilão obras de Lucian Freud e Francis Bacon.

Da BBC Brasil, BBC

19 de maio de 2008 | 17h45

O dono do clube de futebol inglês Chelsea, o bilionário russo Roman Abramovich, teria comprado dois quadros de artistas britânicos vendidos em leilões recordes na semana passada, segundo o jornal Art Newspaper.A obra Benefits Supervisor Sleeping ("Supervisora de Benefícios Dormindo", em tradução livre), de Lucian Freud, foi vendida por US$ 33,6 milhões (cerca de R$ 55 milhões) na terça-feira passada.O outro quadro, Triptych, de Francis Bacon, foi arrematado por U$ 86,3 milhões (aproximadamente R$ 140 milhões), 24 horas depois. Um porta-voz de Abramovich, que vive em Londres, se recusou a comentar a reportagem. "Nós não comentamos assuntos pessoais", afirmou.O quadro de Freud foi vendido pela Christie's, em Nova York, e estabeleceu um novo recorde para o trabalho de um artista vivo. No dia seguinte, a casa de leilão Sotheby's, também em Nova York, vendeu o quadro de Bacon pelo maior valor já pago por um trabalho do artista britânico. A obra, formada por três painéis, mostra uma figura humana sem cabeça rodeada por três falcões e dois retratos de rostos humanos desfigurados.Outros dois quadros de Freud e Bacon devem ser vendidos pelo equivalente a mais de R$ 80 milhões em leilões no próximo mês.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.