Ros Ribas/Divulgação
Ros Ribas/Divulgação

Dominique Blanc é premiada melhor atriz do teatro Francês

'La Douler' (A Dor), com texto de Marguerite Duras, também foi sucesso de público e crítica no Brasil

EFE,

26 de abril de 2010 | 11h08

A atriz Dominique Blanc, que levou aos palcos um texto de Marguerite Duras, uma das grandes damas das letras francesas, com a encenação de La Douler (A Dor), conquistou o troféu de melhor atriz na cerimônia do César, o principal prêmio do teatro francês. La Douler foi exibida com sucesso de crítica e público também aqui no Brasil, quando foi exibida durante as comemorações do Ano da França no Brasil, no ano passado.

 

O troféu de melhor ator ficou com Laurent Terzieff, de 74 anos, por seus papéis em L'Habilleur e Philoctète.

 

Alain Frangon ganhou o prêmio de melhor diretor por La Cerisaie, seu último espetáculo no Teatro Nacional de La Colina de Paris.

 

Alice Belaodi e Guillaume Galliene foram recompensados com os cesares de revelações por seus respectivos trabalhos em Confidence d'Allah e Les Garçons et Guillaume à Table.

 

A cerimônia desta 24ª edição do prêmio do teatro francês, retransmitido ao vivo pela televisão, foram realizadas pela primeira vez em uma cidade dos arredores de Paris, em Créteil.

Mais conteúdo sobre:
Dominique BlancCésarteatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.