Domingo tem 25.ª Feira da Vila Madalena

A Feira da Vila Madalena chega a sua 25.ª edição no domingo e deve levar aproximadamente 250 mil visitantes às quatro ruas principais onde é realizada: Fradique Coutinho, Wisard, Aspicuelta e Mourato Coelho. A feira fica em atividade das 9h às 22h, mas o horário de maior movimento é por volta das 19h. O tema deste ano é Se Liga, Madalena e pretende chamar os moradores da Vila Madalena, Pinheiros e adjacências para discutir os problemas da região, como violência, barulho e sujeira. "Queremos convocar os comerciantes e os moradores para que todos possam lutar por uma Vila Madalena mais gostosa de se viver, mais cidadã", diz o idealizador da feira, José Luis Penna. Criada no final dos anos 70 com o objetivo de reunir os moradores do bairro, a Feira da Vila cresceu muito nos últimos dez anos. Quando começou, a feira ocupava apenas a Rua Fradique Coutinho - que ainda hoje é a principal via da feira e reúne a maior quantidade de atrações - e contava com meia dúzia de barraquinhas que vendiam comidas típicas do Nordeste e artesanato feito pelos moradores do bairro. Na Feira sempre há algo diferente - Depois que ganhou fama, a feira aumentou tanto que hoje é difícil dizer quais barracas são realmente dos moradores da Vila. Há expositores de todos os cantos da cidade que alugam um espaço numa das ruas, na tentativa de vender seus produtos, muitos deles pouco originais. Mas na feira sempre há algo diferente para ser comprado ou visitado. Há barracas de roupas usadas, encontradas apenas em brechós descolados; de bijuterias clubbers; de antigüidades; de conscientização sobre o uso indiscriminado dos recursos naturais; de projetos sociais em atividade na região; até quiosques que fazem piercing e tatuagem. A feira também se destaca por ter uma programação musical, com estilos diferentes. Há desde chorinho até heavy metal. Nesta edição, haverá 90 shows em horários diferentes que serão espalhados pelos quatro palcos instalados na feira (Wisard, esquina com Girassol; Fidalga, esquina com Wisard; Fradique Coutinho, esquina com Purpurina, e Wisard, esquina com Mourato Coelho).

Agencia Estado,

23 de agosto de 2002 | 11h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.