Dois mundos

Vênus e Urano estão em quadratura; a Lua míngua no signo de Sagitário.

Oscar Quiroga, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2011 | 00h00

Esta dupla identidade que caracteriza nossa humanidade, a de existir material e subjetivamente ao mesmo tempo, se resolve no dourado caminho do meio, como destacam os budistas. Afinal, nossa consciência, que entende a materialidade da existência tanto quanto sua sutileza, reside exatamente no meio das duas, tentando estabelecer uma ponte eficiente que promova a perspectiva de as ideias subjetivas se transformarem em realizações concretas. Quem tenta desprezar a subjetividade e exaltar a materialidade é ou cínico ou mal intencionado. Da mesma forma, afirmar que só a subjetividade é real e que a matéria é mera ilusão é fundamental ignorância do eterno casamento entre o espírito e a matéria. Somos dois mundos unidos.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Trate com bom humor os afazeres cotidianos, isso operará a magia necessária que evoca as grandes conquistas. A ambição é legítima, mas enganosa, faz sua alma desprezar os passos necessários para chegar lá.

TOURO 21-4 a 20-5

Para prosperar em segurança, você deve compartilhar os resultados e projetar assuntos que façam participar ativamente outras pessoas, estabelecendo laços de cooperação. Prosperar é multiplicar, mas também dividir.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Confie no poder do tempo, pois quando essa atitude é assimilada pela alma, é possível agir de forma honesta sem perder de vista alguns resultados imediatos, já que o olhar se interessa pelos resultados a longo prazo.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Um conselho é bom, mas apenas quando vem de pessoa sábia, pois por aí se emitem opiniões sem conhecimento. As pessoas sábias não têm barbas longas e brancas, são pessoas do dia a dia, comuns, porém experientes.

LEÃO 22-7 a 22-8

É comum que se cometam equívocos a respeito do verdadeiro valor de alguns relacionamentos, mas é importante que quando a alma ao perceber o erro faça o possível para superá-lo também. A sinceridade é alimento da felicidade.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Há simpatias que duram bastante e outras que duram pouco. Quando se sente simpatia, ela é a mesma durando muito ou pouco. Por isso não é tão fácil assim distinguir os relacionamentos duradouros dos efêmeros.

LIBRA 23-9 a 22-10

O prêmio dado a quaisquer atitudes amorosas não deve ser buscado nas bajulações, mas no silêncio da alma, meditando para que a sintonia com uma dimensão maior de existência se faça real e mais próxima.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

A vida não é o que foi nem o que será, a vida se conjuga em gerúndio. Se você quiser experimentá-la com o ardor e a intensidade desejadas, terá de sintonizar-se com esse tempo. Viva tudo aqui e agora!

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Todo e qualquer investimento, por mais seguro que pareça, evoca o medo de perder. Entretanto, é necessário pensar melhor, se todo mundo parasse de investir, não circularia mais dinheiro e ele perderia seu valor.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Para prosperar, valem mais as atitudes simples e eficientes do que os projetos mirabolantes que requereriam manobras complicadas de sua parte. Meça a prosperidade pela atividade exercida e não pelos resultados.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Tentar seguir pelo caminho seguro pareceria a opção mais sensata, mas nenhuma prosperidade aconteceria assim. É imprescindível que você, mais do que ninguém, se atreva a colocar em marcha suas ideias mais loucas.

PEIXES 20-2 a 20-3

Permita que a instabilidade cumpra o trabalho de pulverizar a ilusão e permitir que a verdade surja dentre as cinzas. Não tema essa condição, pois a médio e longo prazo você poderá constatar os seus benefícios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.