Dois funcionários de Murdoch teriam tentado suicídio

Dois jornalistas com cargos graduados nos jornais de Rupert Murdoch aparentemente tentaram suicídio, em meio à pressão relacionada ao escândalo de espionagem do extinto tabloide News of the World.

REUTERS

06 de março de 2012 | 18h32

Três fontes próximas à companhia confirmaram à Reuters na terça-feira que dois jornalistas do Sun aparentemente tentaram se matar. O Sun pertence ao mesmo grupo do News of the World, e investigações sobre o escândalo continuam relevando práticas condenáveis de atuais e ex-funcionários.

Desde o começo do ano, 11 atuais e ex-funcionários do Sun, tabloide mais vendido da Grã-Bretanha, já foram detidos sob suspeita de subornar policiais ou funcionários públicos.

A policial Sue Akers, que dirige três inquéritos criminais sobre o grupo News International, disse na semana passada que aparentemente havia "uma cultura de pagamentos ilegais" no Sun.

A pressão sobre os funcionários do tabloide se intensificou na semana passada, pois Murdoch anunciou repentinamente que o jornal passaria a ter uma edição dominical, suprindo a lacuna deixada pelo News of the World.

(Reportagem de Georgina Prodhan)

Tudo o que sabemos sobre:
MIDIAMURDOCHSUICIDIOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.