Documentos do Titanic à venda

Um oficial britânico, responsável pela inspecção anterior à viagem do Titanic, escreveu em seu caderno de anotações que o navio deveria ter mais botes salva-vidas - e o documento será leiloado ainda este mês. O capitão Maurice Clarke, no entanto, omitiu a constatação ao depor sobre o naufrágio - na verdade, não há nenhum registro de que ele tenha ido a público em algum momento com as informações. Setenta páginas do caderno de anotações serão colocadas à venda pela Henry Aldridge & Sons, no dia 24, concluindo série de homenagens pelo centenário do naufrágio. O valor inicial do documento não foi divulgado. / AP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.