Documentos da infância de Picasso

A casa natal de Picasso, em Málaga, Espanha ganhou novos documentos e objetos da infância do artista para exposição. As novidades ajudam a contar sobre a infância do artista que, aos 9 anos, teve de se mudar para La Coruña com sua família. Dentre os objetos inéditos estão o registro de batismo de 1881, cedido pelo Bispado de Málaga, e a última prova escolar realizada pelo jovem em 1891, antes de se mudar. No teste, ele escreveu o ditado "é fácil indicar como a moral penetra todas as esferas da vida, abraçando-as em um completo organismo". A última visita de Picasso à Málaga foi em 1901. Hoje sua casa natal fica aberta ao público. / EFE

O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2012 | 03h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.