Documentário teve impacto internacional

Documentário do diretor Marcos Prado, Estamira foi premiado no Festival do Rio, na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo de 2004 e alcançou repercussão internacional. O filme acompanhou por quatro anos a rotina de Estamira Gomes de Sousa, trabalhadora de um aterro sanitário no Rio de Janeiro, que sofria de distúrbios mentais. Trazia não apenas cenas do cotidiano da personagem, mas também longas amostras de seu discurso. / M.E.M.

O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2012 | 03h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.