Documentário em apuros

A mulher do cantor João Gilberto, a produtora Cláudia Faissol, denunciou na terça-feira, em entrevista ao site Terra Magazine, que parte das imagens e depoimentos de um documentário inédito sobre o artista está se perdendo por falta de armazenamento adequado. Cláudia teve um encontro com o ex-ministro da Cultura, Juca Ferreira, no final do ano passado, para pedir ajuda urgente para preservar gravações armazenadas em discos rígidos. O ministério prometeu encaminhar o material para a Cinemateca Brasileira. Mas isso não aconteceu, e ela também não consegue ser recebida pela nova gestão do MinC.

, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2011 | 00h00

"Já perdi Tom (Jobim) falando, Jorge Amado...", disse a produtora ao site. Consultado pelo Estado, ontem, o MinC respondeu o seguinte: "Realmente, Cláudia Faissol foi recebida pelo então ministro Juca Ferreira no ano passado e fez solicitações à ministra Ana de Hollanda. No entanto, por questões de agenda e pela nomeação dos secretários ainda não ter saído, não foi possível que nenhum dirigente do Ministério atendesse a produtora".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.