DOCTV lança edital para produção de 35 filmes

A quarta edição do mais bem-sucedido programa de fomento à produção e difusão de documentários brasileiros, o DOCTV, foi lançado ontem na Cinemateca Brasileira, em São Paulo. Até o dia 11 de julho estão abertas as inscrições para o concurso que vai selecionar 35 projetos, nos 27 Estados brasileiros. Cada um receberá R$ 110 mil, além do apoio para desenvolvimento dos roteiros e a garantia de exibição nas diversas emissoras de TV públicas espalhadas pelo País, além do lançamento em DVD.Todos os documentários são produzidos em parceria com as TVs públicas, que bancam R$ 30 mil dos R$ 110 destinados a cada projeto em seus Estados. Essas emissoras estão também comprometidas a exibirem os filmes, em horário nobre, a partir do dia 29 de maio de 2009.Criado num dos melhores momentos da produção de documentários vivido pelo País, o DOCTV tem um modelo inovador, que vai além do tradicional edital de fomento. Mais do que destinar recursos, o programa acompanha todas as etapas de produção dos filmes, com uma série de oficinas, voltadas desde a elaboração dos projetos até a grade de difusão na TV pública. Por isso, nos seus três anos de atividade, nenhum filme deixou de ser exibido. "O programa é um sucesso porque começou como um modelo de negócio, para atender à nova realidade da TV. Antes de se pensar no que ele seria, se pensou em como seria", observou Orlando Senna, diretor-geral da TV Brasil e um dos idealizadores do projeto, quando ocupou a Secretaria do Audiovisual.Uma das novidades desta edição do concurso, que procura a regionalização da produção audiovisual brasileira, é a expansão das chamadas Carteiras Especiais que, graças a uma parceria entre as emissoras locais de TV, o Ministério da Cultura e a iniciativa privada, vai expandir a premiação, que poderá alcançar mais 22 projetos nos Estados de Tocantins (1), Pernambuco (1), Distrito Federal (1) Rio de Janeiro (1), Maranhão (1), Sergipe (2), Goiás (2), Minas Gerais (2), Bahia (4) e São Paulo (7). O regulamento do concurso nacional está no www.cultura.gov.br/projetos_especiais/doctv. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.