Doc sobre Julia Mann, na Cultura

Zathura: Uma Aventura Espacial

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2010 | 00h00

15H45 NA GLOBO

(Zathura: A Space Adventure). EUA, 2005. Direção de Jon Favreau, com Jonah Bobo, Josh Hutcherson, Kristen Stewart, Tim Robbins, Frank Oz.

Após encontrarem um jogo no porão, dois irmãos decidem jogá-lo. Só que não esperavam que o jogo fizesse com que sua casa fosse magicamente arrancada da Terra e ficasse vagando pelo espaço. Se você pensou em Jumanji, está no caminho certo. Afinal, a matinê da Globo é inspirada em outra história de Chris Van Allsburg, o mesmo autor daquele filme, estrelado por Robin Williams. Reprise, colorido, 113 min.

A Maldição dos Mortos Vivos

22 H NA REDE BRASIL

(The Serpent and the Rainbow). EUA, 1987. Direção de Wes Craven, com Bill Pullman, Cathy Tyson, Paul Winfield, Zakes Mokae.

Antropólogo é enviado ao Haiti, em busca de um pó que ressuscita as pessoas. Acaba se envolvendo com rituais de magia negra, zumbis e vudus. O diretor Craven tem fama no cinema de terror - criou as séries A Hora do Pesadelo e Pânico - e o seu filme possui um subtexto "político". Reprise, colorido, 90 min.

Juwanna Mann

23H10 NO SBT

(Juwanna Mann). EUA, 2001. Direção de Jesse Vaughan, com Miguel A. Nunez Jr., Vivica A. Fox.

Bad boy do basquete, num acesso de exibicionismo, tira a roupa durante um jogo. Suspenso, ele se traveste de mulher para disputar a liga feminina. E, acredite, ele consegue enganar a todos. Claro que acaba apaixonado por uma das colegas de time. Cópia mal-ajambrada de Tootsie. A seu critério. Reprise, colorido, 91 min.

Julia Mann

23H30 NA CULTURA

Brasil, 2005. Direção de Marcos

Strecker.

Belo documentário sobre a mãe do escritor alemão Thomas Mann. Nascida no Brasil, na travessia entre Angra dos Reis e Paraty, aos 7 anos foi levada para a Alemanha, onde passou a maior parte de sua vida tentando se adaptar a costumes diferentes dos que conheceu em sua infância. Essa ruptura trágica marcou sua vida e originou uma das famílias mais singulares da história da literatura. Reprise, colorido, 55 min.

Intercine

1H35 NA GLOBO

A emissora exibe o preferido do público entre Reno 911 Miami: O Filme, de Robert Ben Garant, com Lennie Loftin e Danny

DeVito, sobre os policiais do grupo Reno que vão a uma convenção nacional em Miami Beach durante as férias. Um ataque biológico é realizado no local,

o que obriga os oficiais a entrarem em ação. Com autorização para usar carros patrulhas em alta velocidade, o grupo quase destrói Miami, antes de os criminosos começarem a agir. Comédia sem grandes atrativos; e

Anjos da Noite: A Evolução, de Len Wiseman, com Kate Beckinsale, Scott Speedman, Tony

Curran, Shane Brolly, Steven Mackintosh, Derek Jacobi, continuação do filme, grande sucesso de bilheteria. Aqui está a continuação da saga de guerra entre os aristocráticos Death Dealers e os lobisomens. O filme recupera o início do antigo feudo entre duas tribos enquanto Selene, a linda vampira heroína, e Michael, tentam descobrir os segredos dos seus antepassados. Para quem já é fã.

TV PAGA

Wall-E

20H10 NO MAX

Wall-E. EUA, 2008. Direção de Andrew Stanton.

Os primeiros 30 minutos da animação Wall-E são espantosos - sem diálogos, o espectador acompanha a rotina do robô que, fora de moda em um futuro distante, vive solitário depois que os humanos se refugiaram em outro local. O arcaico considerado sucata é seu ambiente de vida e de trabalho. Rotina que muda com a chegada de Eva, uma androide de última geração incumbida de pesquisar indícios de vida na Terra - representada por uma plantinha cultivada por Wall-E. Claro que o robozinho se apaixona e tenta, a todo custo, uma correspondência desse amor. A animação só perde um pouco de sua graça quando uma perseguição termina em uma grande nave onde agora vivem os humanos - cujos hábitos, aliás, são mais robotizados que os das máquinas. Em outras palavras: o certo é um uso mais comedido da tecnologia. Reprise, colorido, 98 min.

Golpe de Mestre

23H40 NO TELECINE CULT

(The Sting). EUA, 1973. Direção de George Roy Hill, com Paul Newman, Robert Redford e Robert Shaw.

Em 1936, dois vigaristas descobrem que o homem que acabaram de enganar é um chefão da Máfia de Chicago. Um deles é assassinado e o outro planeja vingança. O diretor Hill já havia dirigido Paul Newman e Robert Redford em Butch Cassidy e Sundance Kid, com enorme sucesso. E o reencontro não poderia ser melhor: além do charme irresistível da dupla central, a história é muito bem contada, com um final inesperado. E, de quebra, a trilha sonora, inspirada em um ragtime de Scott Joplin, tornou-se clássica e ganhadora do Oscar, assim como o de melhor filme, diretor e roteiro. Apesar do horário ingrato, um programa imperdível. Reprise, colorido - 128 min.Z

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.