DJ Skrillex vai participar do Lollapalooza em SP

É fácil compreender a fenomenal popularidade do DJ Skrillex entre a garotada americana. Invariavelmente, lá pelo meio de suas faixas, um grave triturador, tal como uma guitarra de heavy metal, entra em cena, dando o peso necessário para que o borbulhar de hormônios se apazigue temporariamente. A música é crassa, lembra um gigante com indisposição gástrica remixado por um DJ de eletro pop. Tem as sugestões fantasmagóricas do nu metal dos anos 90 mescladas à música de pista em sucintos hits de quatro minutos: um Limp Bizkit do mundo de bips e beats.

AE, Agência Estado

13 de março de 2012 | 10h56

Mas sua força cultural é insofismável. O gênero encabeçado por Skrillex, conhecido como dubstep, uma variante popularesca da música eletrônica underground britânica que leva o mesmo nome, tem permeado diversas fendas do universo pop, e se estabelece em festivais e raves americanos como a trilha sonora dos anos rebeldes da geração adolescente atual.

O DJ foi indicado para cinco Grammys este ano. Levou três e tocou no evento junto a David Guetta, outro ícone das pick-ups populares, que trabalha em um gênero completamente diferente. Como Skrillex - DJ de 25 anos, que toca em São Paulo no dia 8 de abril, parte do line up do festival de rock Lollapalooza - chegou aos Grammys é uma história emblemática para a ascensão desta cria de dubstep. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaDJ Skrillex

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.