Divulgados finalistas a prêmio de artes plásticas

Os paulistanos André Komatsu e Tatiana Blass, o carioca Eduardo Berliner e o alagoano Jonathas de Andrade são os finalistas do Prêmio Investidor Profissional de Arte (Pipa). É o mais vultoso do Brasil dado a um único artista plástico. O vencedor será anunciado em outubro, durante exposição de trabalhos dos quatro no Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio. Um júri especializado vai decidir quem receberá R$ 100 mil, valor que compreende uma residência no prestigioso programa da Gasworks de Londres, que recebe artistas promissores do mundo todo.

AE, Agência Estado

16 Junho 2011 | 10h29

Os quatro são jovens - entre 29 e 33 anos -, têm formação universitária e já foram indicados para outros prêmios; inclusive entraram na seleção do Pipa do ano passado. Trabalham com pintura, escultura, instalação, vídeo e fotografia. Já expuseram em espaços importantes do Brasil individualmente e fizeram incursões no exterior.

O Pipa tem como objetivo justamente chamar a atenção para a consistência de suas produções, além de lhes dar recursos para desenvolver seu trabalho, possibilitando contornos mais ambiciosos. A iniciativa é da empresa Investidor Profissional Gestão de Recursos e do MAM.

Quem ganhar no voto popular (dos frequentadores da mostra que o MAM abrirá em setembro) receberá R$ 20 mil. O Pipa On-line, linkado com o Facebook, renderá R$ 10 mil. Os quatro nomes saíram de uma lista de 85, indicados por um comitê de colegas, críticos, galeristas e colecionadores, brasileiros e de fora. O vencedor será escolhido por outro júri, não definido ainda. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
artes plásticas prêmio Pipa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.