Diversidade marca FIT 2000

A quinta edição do Festival Internacional de Teatro Palco & Rua de Belo Horizonte começa nesta quinta-feira, levando à capital mineira 23 espetáculos do Brasil e de mais nove países. Até o dia 13, serão 101 apresentações divididas entre montagens de palco, de rua e em espaços alternativos.Esta edição do festival é marcada pela variedade de linguagens e tendências teatrais, englobando o circo, a pesquisa e experimentação, a dança e adaptações de autores clássicos e contemporâneos. Além dos grupos brasileiros, participam companhias do Chile, Colômbia, Espanha, França, Itália, Polônia, Suíça, China e Singapura.De Minas Gerais, apresentam-se o Circo Irmãos Simões com a montagem Debaixo da Lona e a Cia SeráQuê? com Quilombos Urbanos, ambos espetáculos de rua. Já as apresentações de palco ficam por conta da Odeon Companhia Teatral, com Ricardo 3º, de Shakespeare; da Marcenaria - Centro de Criação Cênica, com Rua das Flores, uma adaptação livre do conto Réquiem Por Um Fugitivo, de Caio Fernando Abreu, e da Oficcina Multimedia, com o espetáculo Zaac & Zenoel, uma criação coletiva. De São Paulo, o representante é o grupo Lume - Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Unicamp - com a montagem Parada de Rua. Do Rio de Janeiro, Os Privilegiados trazem Tudo no Timing, uma comédia em que macacos redigem Hamlet, um casal testa inúmeras variações da linguagem da conquista e Trotsky fica aprisionado ao dia de sua morte. O grupo Oigalé Cooperativa de Artistas Teatrais, do Rio Grande do Sul, se apresenta com Deus e o Diabo na Terra da Miséria. Do Paraná, a Sutil Companhia de Teatro exibe A Vida É Cheia de Som e Fúria, espetáculo de palco. O Nordeste está representado pela peça A Máquina, de Adriana Falcão, que será exibida em um espaço alternativo.Do exterior, os destaques são o teatro de bonecos de vara do grupo chinês Yangzhou Puppet Theatre of China, o espetáculo circense francês Sans Marchandises - Convoi Exceptionnel e a peça de palco chilena La Maraton, com o grupo Teatro Sombrero Verde, do autor francês Claude Confortés. Ponto de encontro Uma série de eventos especiais está prevista para esta edição do FIT. Durante todo o evento, acontece no Parque Municipal a Mostra Off, com performances de teatro e música de artistas mineiros. Além destes shows, serão promovidas oficinas de aperfeiçoamento, conduzidas por especialistas brasileiros e internacionais e dirigidas a profissionais das artes cênicas. Haverá ainda palestras, demonstrações de trabalho, exibição de vídeo e uma exposição. As apresentações de rua são gratuitas e ocorrem no centro e na periferia de Belo Horizonte, espalhadas pelos parques e praças das nove regionais administrativas da cidade. Para as encenações de palco e em espaços alternativos é necessário adquirir ingressos nas respectivas bilheterias onde os espetáculos serão apresentados e, no caso das montagens em espaços alternativos, na bilheteria central do Teatro Francisco Nunes (Parque Municipal).Festival Internacional de Teatro - De 3 a 13 de Agosto, em Belo Horizonte. Outras informações no site http://www.pbh.gov.br/cultura/fitbh ou pelos telefones 0 _ _ 31 277-4366 / 277-4712.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.