DISPUTA ENVOLVE FOTOS DE MARILYN

Um tribunal dos Estados Unidos respaldou o direito de um arquivo fotográfico de cobrar pelas fotos de Marilyn Monroe. A estrela do cinema foi fotografa por um dos principais sócios da empresa. Os arquivos Milton H. Greene travam uma longa batalha com Anna Strasberg, viúva do preparador de interpretação de Monroe, Lee Strasberg, que foi também o agente que controlou durante anos o uso das imagens da atriz. O tribunal da Califórnia respaldou a decisão de um tribunal menor e permitiu que os Arquivos Greene continuem com seus direitos sob as imagens de Monroe. Seus direitos cinematográficos não foram alterados. / EFE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.