Disparam as vendas de livros do Papa

As vendas de livros do Papa João Paulo II e de obras sobre sua vida aumentaram desde o anúncio da morte do pontífice, ontem, sendo que alguns deles já estão na lista dos vinte mais vendidos de sites como Amazon.com e Barnes & Noble.com.Entre os títulos de mais destaques estão cinco sobre João Paulo II: O Caminho Até Cristo; Memória e Identidade, O papa João Paulo: Em Minhas Próprias Palavras; Levantemos e Comecemos a Jornada e Cruzando a Porta da Esperança. Outro livro popular foi Testemunha da Esperança, uma biografia de George Weigel, um teólogo católico.Devido à prolongada doença do papa, tanto as editoras como as livrarias tiveram tempo para se prepararem. Há poucas horas da morte do Santo Padre, a HarperCollins anunciou que um novo livro de Weigel será publicado no final do ano e "examina a morte do papa e a situação da Igreja que ele deixou, ao mesmo tempo que oferecer um relato sem paralelo da eleição do próximo papa". "Nenhum escritor de hoje compreende o papado melhor que George Weigel", disse Tim Duggan, diretor executivo da HarperCollins. "Tenho certeza de que fará um relato completo eilustrador sobre esta nova fase da história da Igreja". Veja o especial "João de Deus"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.