Discovery estreia reality 'Desafio em Dose Dupla'

Ficar sem tomar banho quente e ter de enfrentar animais perigosos no meio do mato para garantir o jantar parecem uma furada para qualquer mortal, mas foi a maior diversão para Léo e Leite, estrelas de "Desafio em Dose Dupla", reality do Discovery Channel que estreia nesta terça-feira, às 21h.

AE, Agência Estado

21 Agosto 2012 | 11h22

No programa semanal, divido em seis episódios, os dois são largados em ambientes como o Pantanal, Serra da Capivara ou nas montanhas da Patagônia (sul da Argentina), com a roupa do corpo e poucos instrumentos, como um binóculo, um facão e um saco plástico, e têm de se virar até encontrar algum sinal de civilização.

Léo, guia turístico na Chapada dos Guimarães (MT) e entusiasta da cultura indígena, depois de ter vivido em aldeias, diz que a convivência com o companheiro foi pacífica em meio ao perrengue. "É sempre difícil viver quando tem mosquito perturbando. Mas esse é um programa de cooperação, estávamos lá para unir nossas forças. Se você brigar com o parceiro, quem vai sobrar para te apoiar?", indaga.

O clima entre os dois, porém, nem sempre é tranquilo. No primeiro episódio, Leite, um coronel da Força Aérea, que participou das buscas por vítimas do acidente com um avião da Gol que caiu na selva amazônia em 2006, decide matar um jacaré para comer. Contrariado, Léo defende que não é preciso abater o animal, vira as costas e sai em busca de frutas para o jantar.

A caça foi um assunto tratado com cautela pela produção. Como o Ibama não permite que se matem animais silvestres, à exceção de situações de sobrevivência, a equipe do "Desafio em Dose Dupla" providenciou caças de cativeiro, soltas durante as gravações, que começaram no primeiro semestre e duraram três meses.

Outra sequência que chama a atenção é o momento em que a dupla se prepara para beber água. Sem filtro nem produto químico, eles usam um saco plástico para ferver o líquido em uma fogueira, sem deixá-lo derreter. A cada cena, os dois explicam ao telespectador o porquê de cada decisão que tomam no mato. "É um programa educativo. Ficamos em situações de sobrevivência até quando o carro quebra", compara Leite.

Enquanto os participantes dormiam em árvores, para não serem atacados por bichos, a equipe de gravação deixava os dois na selva e voltava para o hotel ou alguma base de apoio. "Eles precisavam estar bem para o dia seguinte"", explica Rodrigo Astiz, diretor da atração. Antes de chegar às locações, a produção passou por treinamentos para se ambientar na floresta. As informações são do Jornal da Tarde.

Mais conteúdo sobre:
Discovery Channelreality show

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.