Diretores pedem liberação de Panahi

CINEMA

Reuters, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2010 | 00h00

Cineastas iranianos pediram em uma carta aberta a libertação do diretor Jafar Panahi, conhecido internacionalmente e que está em greve de fome numa prisão de Teerã, informou sábado a agência de notícias semioficial ILNA. "Diante das condições existentes para Jafar Panahi, nós, signatários desta carta, um grupo de cineastas independentes, pedimos a libertação e rápida consideração de suas condições e reivindicações na prisão", diz a carta subscrita por 85 cineastas iranianos e enviada ao governo do país. Ganhador de vários prêmios internacionais e partidário do líder oposicionista Mirhossein Mousavi na eleição presidencial disputada ano passado, Panahi foi preso no início de março e iniciou uma greve de fome no começo da semana passada. Ele protesta contra as condições carcerárias na famigerada prisão de Evin, exige acesso a um advogado, direito de visita por membros de sua família e libertação incondicional até que um tribunal avalie seu caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.