Diretores da Rede TV! podem ser presos a qualquer momento

A liminar concedida aos diretores Rede TV!, Amílcare Dallevo e Marcelo de Carvalho Fragali, que revogava o mandado de prisão expedido pela Juíza Thaís Verrastro de Almeida, da 2.ª Vara do Trabalho de Barueri, foi cassada na noite da última terça-feira.O juiz Marcos Emanuel Canhete, da Seção Especializada em Dissídios Individuais, do Tribunal Regional do Trabalho da 2.ª Região, cassou a liminar, após a emissora apresentar agravo regimental sustentando que houve equívoco na distribuição da medida. Segundo o juiz, "em primeiro lugar, o Tribunal deve decidir de quem é a competência de apreciação da matéria." Revogada a liminar, a Vara do Trabalho de Barueri encaminhou o mandado de prisão de ambos à delegacia de polícia da cidade. Eles podem ser presos a qualquer momento. A prisão foi pedida porque não foi paga uma dívida trabalhista avaliada em R$ 3 milhões a João Henrique Schiller, ex-diretor da emissora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.