Diretor de peça anti-Bush é agredido em Paris

Attilio Maggiulli, diretor do Teatro de Comédia Italiana, foi atacado ontem por dois homens em Paris, que o surraram e lhe cortaram o rosto. O ataque foi feito na entrada do teatro onde Maggiulli dirige a peça George W. Bush, ou o Triste Caubói de Deus.Aparentemente, o ataque aconteceu por conta do teor da peça, que retrata o presidente americano como um homem grosseiro e ignorante. Segundo uma assistente do diretor, os agressores o acusaram de "defender os árabes". Eles também teriam ofendido o presidente francês Jacques Chirac, um dos principais líderes da oposição ao ataque anglo-americano ao Iraque, e ainda jogaram tinta para encobrir os cartazes da peça.O diretor pretende agora encerrar a temporada do espetáculo para preservar o elenco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.