Reprodução
Reprodução

Diretor cria rede social para profissionais da área de cinema

Segundo o criador, objetivo é que o cinema ibero-americano deixe de depender de subvenções estatais

EFE

05 de junho de 2012 | 03h18

O uruguaio Martín Sastre, diretor de Miss Tacuarembó, lançou uma plataforma na internet para profissionais da área de cinema. O dispositivo funciona como uma rede social, como produtora e oferecendo bolsas de trabalho.

O objetivo, segundo o criador, é que o cinema ibero-americano deixe de depender de subvenções estatais. Em entrevista, Sastre explicou que o projeto, batizado de Link Audiovisual Latino-americano (Lala) está em operação desde o dia 1.º de junho.

O endereço é www.soylala.com. "É uma nova forma de cinema. Muito mais ajustada ao mundo atual", marcado por crises econômicas. A rede já tem 400 membros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.